Esportes

Quando o esporte invade as páginas policiais

Por: Thacio Machado

 

O que leva heróis, símbolos de superação e fontes de inspiração para muita gente a cometer atos criminosos? Talvez nem Freud explique. Mas esses heróis do esporte também são seres humanos passíveis de erros como qualquer outro “mortal”.   

O último caso em que o esporte invadiu as páginas policiais foi com o Sul-africano Oscar Pistorius, que é o principal suspeito de assassinar a própria namorada na madrugada de quinta feira (14/02/2013) com quatro tiros. Símbolo de uma revolução no esporte, Oscar, foi considerado o atleta do ano na África do Sul. Ídolo nacional, ganhador de oito medalhas para-olímpicas e o único atleta amputado que competiu em uma olimpíada, Oscar é (era) símbolo de superação e motivação para pessoas do mundo todo.     

 

Porém não é a primeira vez que atletas, estrelas do esporte se envolvem em casos dessa ordem. O acontecimento do ex-goleiro do Flamengo, Bruno chocou todo Brasil e ganhou repercussão mundial. Onde ele foi acusado de ser o mandante do assassinato de Eliza Samudio, que supostamente seria sua ex-amante.  

O caso ainda ganhou tons macabros, quando se levantou a suspeita que a garota foi esquartejada e dada aos cachorros. Bruno e seus comparsas estão presos  desde 2010. O crime ainda é um enigma, pois os restos mortais de Eliza ainda não foram encontrados.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo