Esportes

Salgueiro elimina o Vitória da Copa do Brasil

Empolgado com a conquista do Campeonato Baiano em cima do Bahia, o Vitória entrou em campo hoje à noite na Arena Fonte Nova para um novo desafio. Depois de empatar em 0 a 0 no primeiro jogo, no Estádio Cornélio de Barros, o Leão enfrentou o Salgueiro buscando uma vitória simples para obter uma vaga e avançar na terceira fase da Copa do Brasil e fracassou, quando decepcionou e apenas empatou e foi eliminado da Copa do Brasil de forma não esperada pela torcida rubro-negra. 



O primeiro tempo do jogo entre Vitória x Salgueiro, surpreendeu pela postura destemida do Salgueiro. O time de Marcelo Chamusca, ao contrário que se imaginou, não veio retrancado e em alguns momentos, jogou de igual para igual, assustando o Vitória favorito que não fez um bom primeiro tempo, especialmente pelo péssimo futebol apresentado por Renato Cajá e uma noite infeliz. 



Mas foi o próprio Renato Cajá que aos 21 minutos que bateu escanteio para Neto Coruja, subir e de cabeça abrir o placar para o Vitória, produzindo à sensação que estaria aberta a porteira para uma nova goleada rubro-negra em cima dos pernambucanos. Grande engano, sete minutos depois, Elvis bate falta e o goleiro Wilson colabora e o empate é decretado para surpresa geral da torcida rubro-negra. 



No segundo tempo, Caio Júnior mudou. Removeu Renato Cajá e Nino ambos contundidos, entrando Vander e Marcos respectivamente, no entanto, o time não subiu de produção, teve a posse de bola, mandou nos últimos 45 minutos, mas de forma inócua e completamente inconseqüente e sempre barrado nas investidas pelo bom goleiro Mondragon, tendo que amargar uma eliminação que não estava nos planos do mais pessimista torcedor rubro-negro. 



O resultado o Salgueiro avança na competição e irá enfrentar o Criciúma. Na segunda fase da Copa do Brasil, o time catarinense superou o São Bernardo pelo placar de 3 a 1. No jogo de ida, realizado no ABC Paulista, houve empate de 1 a 1 e agora terá os pernambucanos como adversário na terceira fase. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo