Esportes

Jogadores e comissão técnica do Universo/Vitória terão seus contratos encerrados

 

Os fanáticos pelo time de basquete do Vitória no NBB podem não ver mais a sua equipe atuando no ginásio Poliesportivo de Cajazeiras a partir da próxima temporada. Sucesso entre boa parte da torcida rubro-negra, o UNIVERSO/VITÓRIA pode terminar este ano devido à uma grande dificuldade na renovação do seu contrato.Com os pagamentos atrasados desde o final da gestão Agenor Gordilho, a atual gestão do Leão enviou uma proposta de parcelamento dessas dívidas que foi recusada pela direção da Faculdade Universo.Conforme apurado pelo Galáticos Online, o acordo prevê um pagamento de R$ 35 mil por mês por parte do Esporte Clube Vitória.O diretor do Universo/Vitória, Marcelo Falcão, declarou que recebeu a ordem de encerrar todos os contratos do time.“O que posso confirmar é que recebi a determinação de encerrar todos os contratos de atletas e comissão técnica”, disse ao Galáticos Online. Marcelo Falcão afirmou que irá cumprir a determinação: “Hoje diria que é muito difícil. Mas o futuro pertence a Deus… Irei cumprir o determinado”, completou.O diretor da equipe rubro-negra lamentou o possível término do projeto.“Minha maior tristeza é a torcida do Vitória, a forma como ela é tratada. Esta sinceramente é a minha maior perda. Amo minha torcida e tenho um respeito gigante por cada um deles”.Perguntado sobre uma negociação do Universo com o Bahia, Marcelo Falcão preferiu não comentar.“Meu amigo sinceramente não sei. Temos contrato com o Vitória e é ele que me importa. Agora imagino que qualquer clube ou instituição em sã consciência se interesse por um projeto esportivo que dá mais visibilidade nacional que o próprio futebol. Só essa temporada foram 15 transmissões nacionais e 9 regionais, em TV aberta e no Sportv. Entenda que não estou falando de Première”, finalizou.O time de basquete Universo/Vitória estreou na temporada 2015-16 do NBB, a liga mais importante do Brasil, sendo o primeiro representante do estado da Bahia na competição e o segundo do nordeste (que já tinha o Basquete Cearense). A equipe alcançou os playoffs do NBB em todas as três temporadas que disputou. Fonte : Galácticos Online

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo