Cotidiano

Pesquisadores da UFRB e estudiosos realizam buscas paleontológicas em Guanambí

As obras de construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) podem acabar contribuindo para o registro da fauna que viveu no interior baiano milhares de anos atrás. Como foram encontrados três sítios paleontológicos na região de Guanambi, um convênio foi firmado com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e estudiosos farão o resgate dos fósseis. As primeiras atividades em campo tiveram início na última segunda-feira (13).

Pesquisadores da universidade estão recolhendo os materiais já localizados e farão novas buscas. O trabalho conta, ainda, com educação patrimonial voltada para a comunidade e para os operários da frente da obra, a fim de que eles sejam capazes de identificar os fósseis quando os virem.

A expectativa é de que seja encontrado material fossilizado de espécies já extintas que tenham vivido no local há mais de 10 mil de anos. Todo o material resgatado ficará à disposição da UFRB, mantendo no estado baiano esse valioso patrimônio paleontológico.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo