Política

Voluntárias Sociais lançam programa de qualificação de professores

 O Programa Mais Infância, lançado pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) nesta sexta-feira (10), vai promover a qualificação gratuita de professores e gestores de creches-escolas comunitárias de Salvador. O objetivo é aprimorar a formação de cerca de 400 profissionais, principalmente daqueles que atuam com crianças na faixa etária de zero a cinco anos. O programa vai oferecer aos profissionais cadastrados um curso presencial de reciclagem até o fim deste ano letivo.

Lançado em cerimônia na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), as autoridades e educadores foram recebidos com uma apresentação do coral Comunicanto. Durante o evento, a presidente das Voluntárias Sociais e primeira-dama do estado, Aline Peixoto, também recebeu homenagem dos alunos da creche-escola Mundo Infantil. Emocionada, ela destacou que o projeto é um sonho realizado. 

 "É sempre possível fazer algo de melhor para as pessoas e para o futuro. Esse é o objetivo desse projeto. Sozinhos, nós não podemos mudar a realidade das escolas e creches comunitárias, mas juntos conseguiremos mudar a realidade de muitas crianças da Bahia. Esse é um sonho especial, porque lidamos com o futuro da nossa cidade. Ele está nascendo hoje e os professores e educadores vão construir esse projeto junto conosco, junto com as Voluntárias. Que todos saiam daqui multiplicadores, principalmente multiplicadores de sonhos e de esperança", afirmou a presidente das VSBA.

 Presente na cerimônia, o governador Rui Costa comentou sobre a experiência pessoal e a relação com as escolas comunitárias. "Tenho exemplo dentro de casa: a minha mãe, que, em vida, montou e manteve uma pequena creche com ajuda da comunidade. Esse é um papel muito importante. O apoio e o acolhimento das nossas crianças é fundamental, porque precisamos recuperar a participação das famílias e das comunidades na vida e no cuidado com as crianças. As creches comunitárias exercem uma função importante nesse sentido. A educação é o único instrumento capaz de transformar a vida das pessoas e apostamos nisso como uma forma de mudança e de melhoria social", ressaltou Rui. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo