Política

Demora do retorno de Tia Eron para Semps retarda subida de Medrado para Câmara

 Liberada da Secretaria Promoção Social e Combate à Pobreza para ajudar a reeleger o carioca Rodrigo Maia (DEM) presidente na Câmara dos Deputados, a deputada federal Tia Eron (PRB) estranhamente ainda não voltou ao cargo com que foi aquinhoada no primeiro escalão do prefeito ACM Neto. 

Como na política nada acontece por acaso, as engrenagens do zumzumzum rodam frenéticas e seu ranger pode ser traduzido por algo como “a deputada que ficou nacionalmente famosa por ser decisiva na cassação de Eduardo Cunha acha que merece mais, muito mais do alcaide soteropolitano”.

Os boatos estão se reproduzindo em escala industrial e há quem jure que o paradeiro desconhecido de Tia Eron serve a outro objetivo, porém. Mantendo-se como deputada federal, ela impede que o suplente Marcos Medrado (SD) ocupe a vaga deixada por Antônio Imbassahy (PSDB) ao entrar para o ministério de Temer.

À boca nem tão pequena é dito no tal “mundo político” que o chá de sumiço da deputada serve para o Palácio Tomé de Souza pressionar Medrado que, segundo consta, tem sido insistentemente procurado pelos mais próximos a Neto.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo