Política

Temer visita hospital onde está Dona Marisa e é Hostilizado

 O presidente Michel Temer e sua comitiva foram hostilizados na chegada do Hospital Sírio-Libanês, na noite desta quinta-feira (2). O cardiologista Roberto Kalil Filho, que cuida da ex-primeira-dama Marisa Letícia, foi até o lado de fora do hospital para receber a comitiva, que incluía o ex-senador José Sarney, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o senador Romero Jucá, e os ministros José Serra, Henrique Meirelles e Eliseu Padilha. 

 
Manifestantes xingaram os políticos, que desceram de uma van. O grupo foi xingado de "golpista", "vagabundo" e "assassino". 
 
O ex-presidente Lula segue no hospital e deve receber o grupo. Mais cedo ele recebeu a visita e solidariedade do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Marisa Letícia segue em uma UTI. Ela não tem mais fluxo no cérebro. A família já autorizou a doação de órgãos. Estadão Conteúdo – 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo