Política

Supremo manda ouvir Dirceu sobre transferência a regime fechado

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, determinou que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu seja ouvido sobre o pedido da Procuradoria Geral da República para que o réu seja transferido do regime domiciliar para o fechado. Desde setembro, o petista está preso preventivamente em Curitiba, por conta de suspeita de participação dos desvios de dinheiro da Petrobras. O depoimento será prestado em caráter de urgência a um juiz federal do Paraná, ainda não definido. De acordo com o jornal O Globo, em outubro, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao STF a regressão do regime de prisão fixado para Dirceu pela condenação no mensalão, por conta dos crimes aos quais ele responde na Lava-Jato. Segundo as investigações, os novos crimes ocorreram quando Dirceu já estava preso pelo mensalão. Por lei, quando isso acontece, o preso deve ter o regime de cumprimento de prisão substituído pelo fechado. Depois de ouvir o réu e a defesa dele, Barroso decidirá se concede ou não o pedido de Janot. Se o ministro concordar com o procurador-geral, assim que terminar a prisão preventiva da Lava-Jato, Dirceu deverá ser transferido para a Penitenciária da Papuda, em Brasília.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo