Política

Contra falta de recursos federais, 15 prefeituras param no oeste da Bahia

As atividades de 15 prefeituras baianas, reunidas na União de Municípios do Oeste da Bahia (Umob), foram paralisadas a partir desta segunda-feira (16). De acordo com informações da Umob, o motivo da paralisação, que segue até quinta-feira (19), é a redução de repasses de recursos federais para as prefeituras, o que dificulta que alguns municípios paguem as contas. Entre as cidades vinculadas à Umob, segundo publicação do G1, estão paradas: Angical, Baianópolis, Barra, Buritirama, Catolândia, Cotegipe, Cristópolis, Formosa do Rio Preto, Luís Eduardo Magalhães, Mansidão, Muquém de São Francisco, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia, São Desiderio e Vanderlei. Ainda de acordo com a Umob, a paralisação deve atingir setores internos e da administração dos municípios, sendo mantidos serviços essenciais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo