Política

Mário Negromonte terá que disputar vaga no TCM com a nora

A Associação Nacional do Ministério Público de Contas (AMPCON) ingressou com um processo para que a vaga no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) seja preenchida por um integrante do Ministério Público de Contas (MPC). Isso porque, o governador Jaques Wagner (PT) assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), em junho de 2010, se comprometendo a indicar um procurador do órgão para a vaga deixada pelo ex-presidente da Corte, Paulo Maracajá, que se aposentou no final de março. Em entrevista ao jornal A Tarde, o presidente da Associação do MP de Contas, Diogo Ringenberg, afirmou que o pleito “não é algo que a associação tirou da cartola”. “Que espécie de Poder Executivo é esse que assina um documento e depois não honra? Está se afastando diametralmente do papel de gestor público”, disparou o dirigente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo