Política

Defesa de Prisco entra com novo pedido de habeas corpus

A defesa do vereador Marco Prisco entrou com um segundo pedido de habeas corpus no Superior Tribunal Federal (STF). De acordo com a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), o pedido foi motivado pela decisão do judiciário, que aceitou o pedido de desbloqueio das contas das entidades envolvidas na greve da PM. Entre os motivos citados pelo Ministério Público Federal (MPF) para a Prisco estava a manutenção da ordem pública. Por conta da liberação das contas da Aspra e outras associações, os advogados entraram com novo pedido de liberdade para o vereador.

"É de conhecimento de todos que há muito a cidade já voltou a sua rotina. A prova inconteste é a decisão do desembargador. Quando ele libera as contas sob o argumento de que a ordem foi restabelecida, também já não há base jurídica para manutenção da prisão. O que temos aqui é o próprio judiciário afirmando não ter mais motivos para a preventiva de Prisco", analisou a advogada de Prisco, Marcelle Maron,, que acompanha o caso em Brasília.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo