Política

Lúcio Vieira Lima e Eduardo Cunha estão entre indicações do PMDB à CPMI

Dois dos três nomes sugeridos pelo PMDB para compor a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras já tiveram conflitos com a presidente Dilma Rousseff. Um deles é o deputado federal baiano Lúcio Vieira Lima, que já é membro da Comissão Externa da Petrobras, que apura irregularidades em contratos da estatal com a SBM Offshore. Apesar de o partido integrar da base do governo, seu irmão, Geddel Vieira Lima, é postulante ao Senado na chapa das oposições, concorrente do PT. Lúcio já fez críticas à aquisição da refinaria de Pasadena e foi um dos que torceram pela instalação da CPI.  Outra indicação do partido é o deputado federal Eduardo Cunha, líder do “blocão”, grupo formado por congressistas da base aliada que estavam insatisfeitos com o governo. O terceiro indicado é o deputado federal Sandro Mabel, que foi escolhido por não ser candidato nestas eleições e, por isso, poderá se dedicar mais às apurações. Informações Folha de S. Paulo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo