Política

Greve da PM é ação meramente eleitoreira, diz Valmir Assunção

A greve da Polícia Militar na Bahia foi declarada mesmo com a abertura dos diálogos do governo com a associação dos PM’s, que assinou acordo e ainda assim decretou a paralisação por tempo indeterminado, após assembleia na noite da terça (15). De acordo com o deputado federal Valmir Assunção (PT), em discurso nesta quarta (16), o direito à greve é inquestionável, mas é preciso avaliar esta situação em específico. “Estamos diante de uma ação meramente eleitoreira comandada pelo vereador de Salvador Marcos Prisco [PSDB], que é pré-candidato a deputado estadual. Ele assinou o acordo e foi para greve aterrorizar a população. Se havia negociação e até mesmo acordo firmado, qual a motivação real da greve? A meu ver, a intenção de Prisco é capitalizar politicamente em cima de uma categoria de trabalhadores. É preciso o bom senso dos policiais neste momento diante do diálogo que já existe”, pontua Valmir.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo