Política

Bacelar diz que proposta do Estado para PM é retrocesso

O deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) afirmou hoje que a proposta do governo da Bahia para a Polícia Militar é um “retrocesso” e que está apoiando toda medida para reverter a atual situação. “O governo do Partido dos Trabalhadores vai contra os próprios trabalhadores, principalmente o funcionalismo estadual. Depois de nove meses negociando e debatendo com as entidades de classe, é inadmissível aceitar essa proposta esdruxula que querem aprovar na Assembleia Legislativa e que é danosa aos PMs”. Bacelar lembra, pela proposta do governo, os militares serão obrigados a enfrentar duras penalidades tais como serem punidos se contrair dívida e ser incluído no SPC/Serasa; trotar ou galopar com cavalo injustificadamente; tentar entrar na Unidade Policial com um Jornal que contenha fato contrário a disciplina; infração de trânsito; executar manobra perigosa em viatura, se recusar a ser submeter a revista e participar de manifestações com caráter reivindicatório. “Reclamam tanto das ações no período da ditadura o transformam as ações do estado numa ditadura até pior do que o período de exceção e isso não podemos aceitar. Vamos rejeitar essa proposta com o apoio da sociedade de de todos que tem respeito á Polícia Militar”, concluiu Bacelar. Informações Política LIvre

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo