Política

Políticos baianos são acusados de participar de esquema de ?pedágio? da Petrobras

Os deputados federais Luiz Argôlo (SDD-BA) e Mário Negromonte (PP-BA) foram apontados pela revista Veja como participantes de um esquema de “pedágio” para negócios com a Petrobras. De acordo com a publicação, documentos apreendidos com o doleiro Alberto Youssef – preso há três semanas na Operação Lava Jato, da Polícia Federal – mostrariam depósitos para assessores de “deputados menos expressivos” como Argôlo, que deixou recentemente o PP. Trocas de mensagens entre Youssef e alguém identificado como “LA” – que os investigadores suspeitam ser o próprio parlamentar – confirmariam a transferência de 120 (supostamente R$ 120 mil) para a conta de um dos seus funcionários.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo