Política

São Félix: Arquivo Público permanece desatendido pela prefeitura

O Arquivo Público de São Félix, detentor de um rico acervo e considerado por especialistas e pesquisadores em geral como o melhor do Recôncavo e um dos principais do interior do estado, continua sem atenção por parte da prefeitura no que se refere ao atendimento de demandas de anos, tão necessárias ao setor. Desde a gestão do ex-prefeito Eduardo José de Macêdo Júnior o Correio de São Félix vem atendendo a reivindicação de vários usuários ao solicitar aos gestores a instalação de um bebedouro.

Enfrentando pesquisas que levam as vezes muitos dias, os frequentadores reclamam que, para saciar a sede, precisam sair para comprar água. Ao buscar soluções para receber melhor os usuários, o diretor do Arquivo, Oséas Souza, todo dia tem que levar água gelada de sua residência em garrafas pet ou costuma pedir aos vizinhos do setor o favor de encher os recipientes.

Outro problema enfrentado há anos pelo Arquivo é a ausência de uma impressora. Para conseguir fazer a grande e corriqueira demanda de impressão do espaço público, o diretor precisa se deslocar do ambiente de trabalho e pedir favores à própria prefeitura, ao Setor de Tributos, à Casa da Cultura Américo Simas e até mesmo servir-se da impressora de sua própria casa.

Em razão da sua riqueza documental e importância para o município – que atrai pesquisadores de todos os lugares e até mesmo escritores renomados –, funcionários e usuários em geral esperam contar com uma melhor atenção e sensibilidade do presente governo.

 

 

 

Fonte: Jornal Correio São Félix

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo