Política

Bolsonaro se alinha a grupo anti-imigração da Europa

O presidente Jair Bolsonaro se alinhou ao grupo anti-imigração da Europa e admite compartilhar dos mesmos pensamentos que os governadores de extrema-direita do Leste Europeu. No último dia de viagem do brasileiro em Davos, ele recebeu líderes de governos que têm causado polêmica por rejeitar a entrada de estrangeiros em seus territórios. O primeiro-ministro da República Tcheca, Andrej Babis, insistiu que ele e Bolsonaro “compartilham das mesmas ideias sobre imigração”. Na Europa, Babis tem sido alvo de duros ataques por sua posição, considerada até mesmo xenófoba por parte da UE e de outros líderes. Ele é um dos líderes do Grupo de Visegrad (V4), formado por Polônia, Hungria e Eslováquia, além da República Tcheca. O bloco tem se oposto a qualquer abertura para receber estrangeiros, inclusive refugiados sírios. Babis relata que quer o presidente brasileiro na cúpula do grupo, no segundo semestre do ano, em Praga. “Temos que ajudar essas pessoas, que na maioria das vezes vêm da África, em seus respectivos países. Investir em educação e estamos fazendo isso”, justificou Basis. Segundo ele, a Europa já tem seus problemas, como o Brexit, a relação com os EUA e as sanções com a Rússia. O presidente da Polônia, Andrzej Duda, também acredita que Bolsonaro compartilhe os “mesmos valores” de seu governo. Fonte: Metro 1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo