Política

Defesa pede ao TSE que emissoras de televisão deem tratamento igual a Lula

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ingressou com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que as emissoras TV Globo, SBT, Record, Band e RedeTV deem ao candidato à Presidência da República o mesmo espaço que os demais candidatos recebem nos telejornais delas. Segundo a petição, que faz pedido de decisão liminar, a TV Globo tem agido de forma “antidemocrática” para “utilizar o seu poder de comunicação para desviar toda e qualquer atenção do referido candidato”. A emissora, por outro lado, argumenta que o ex-presidente está preso em Curitiba, condenado no âmbito da Operação Lava Jato, em segunda instância. Por isso, não pode ter cobertura feita pelo jornalismo global. “A Globo tem utilizado o argumento de que Lula está preso para esconder a campanha do ex-presidente, que já está nas ruas desde semana passada com o candidato à vice e representante de Lula, Fernando Haddad. Lula, que é líder nas pesquisas eleitorais, também se comunica através de recados e visitas, que ocorrem ordinariamente às quintas-feiras”, disse o partido em nota. Ainda segundo a petição, com o período de campanha eleitoral mais curto este ano, a campanha de Lula pode ser prejudicada, o que comprometeria a “lisura” do processo. “Sendo assim, considerando que cada dia que a campanha presidencial dos Representantes é inviabilizada pelas Representadas, perde-se milhões de interações com o eleitorado brasileiro, o que poderá impactar diretamente a lisura da disputa eleitoral, sendo necessária a imediata correção da distorção até então promovida”, argumentou a sigla. Fonte: Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo