Política

Câmara aprova MPs que governo negociou com caminhoneiros para encerrar greve

O plenário da Câmara aprovou ontem (7) três medidas provisórias, duas das quais são parte do acordo do governo federal com os caminhoneiros para encerrar a paralisação de maio. As propostas precisam agora passar pelo Senado, antes de seguir para a sanção do presidente Michel Temer (MDB). Entre as medidas direcionadas aos caminhoneiros, está a proposta que determina que a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) deve contratar, pelo menos, 30% dos serviços de transporte de grãos com cooperativas e associações de transportadores autônomos. Os parlamentares também aprovaram a medida provisória que isentou os caminhoneiros de pagarem pedágio sobre eixos suspensos quando circularem sem carga. Fonte: Metro 1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo