Política

Câmeras foram desligadas às vésperas das mortes de Marielle e Anderson

 

Posicionadas no último trajeto percorrido pela vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, cinco câmeras da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro foram desligadas entre 24 e 48 horas antes do duplo homicídio, segundo informações do Extra.O contrato de manutenção dos equipamentos fora finalizado em outubro, mas as câmeras ainda funcionavam normalmente em março, quando ocorreram os assassinatos.Imagens remetidas ao sistema do Centro Integrado do Comando e Controle (CICC), na Praça Onze, poderiam ter auxiliado na apuração do crime. Instalada bem em frente ao local onde Marielle e Anderson foram mortos, a câmera da estação de metrô do Estácio grava em 360º. Fonte : bahia.ba

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo