Política

Mesmo após ponte desabar, Sinart continua cobrando pedágio

Mais de três meses depois do acidente que lançou ao mar cerca de 70 pessoas, a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart), não consertou o píer de desembarque do Terminal Marítimo de Madre de Deus, mas continua cobrando R$ 0,90 de pedágio.O acidente aconteceu em 1º  de janeiro e até hoje o embarque e desembarque é feito através de um único flutuante, que, segundo os barqueiros que transportam pessoas entre o continente e as ilhas de Maria Guarda, Bom Jesus dos Passos e Paramana, não aguentará por muito tempo o fluxo intenso.O terminal foi construído pela prefeitura de Madre de Deus, que deu concessão para a Sinart explorar e dar manutenção.O Bnews tentou contato com a Sinart, mas até o fechamento dessa nota não obteve sucesso. Fonte : Bocão News

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo