Polícia

Ex-namorado que matou adolescente com punhal tentou reconciliação antes do crime, diz polícia

O suspeito de matar a ex-namorada Dominique Miranda Viana, de 14 anos, com um punhal, no domingo (2), em Arraial D’Ajuda, distrito de Porto Seguro, tentou reconciliação com a vítima antes do crime. Joelson Borges dos Santos está foragido até esta quarta-feira (5).

A delegada responsável pelo caso, Teronite Bezerra, titular da Delegacia da Mulher (Deam) disse que cerca de 60 minutos antes de matá-la, Joelson tentou uma reconciliação.

"[Joelson] Perguntou se ela não iria voltar para ele. Ela falou: ‘Não vou voltar’. Ele saiu abruptamente e voltou quase que uma hora depois. Quando retornou, enfiou o punhal, retirou. Subiu na moto e sumiu", diz a delegada.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo