Polícia

Dupla acusada de matar vigilante na Federação é presa pela polícia

 Acusados de serem envolvidos na morte do vigilante Edson Guilherme dos Santos Souza, conhecido como "Dinho", morto a tiros na própria casa, na Rua Dulce, no bairro de Engenho Velho da Federação, acusado por traficantes do bairro de ser informante da polícia, foram apresentados pela polícia na manhã desta segunda-feira (19), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 13h da segunda-feira (3), minutos depois que um suspeito de tráfico de drogas, conhecido como "Forró", morrer durante um confronto com policiais da Rondesp (Rondas Especiais da PM). Segundo as investigações , Marcos Gonçalves da Conceição (Sorvetinho) e Diego Procópio França (Boi), que eram amigos de infância de "Forró", executaram o vigilante em represália à morte do amigo. Eles também acreditavam que o vigilante seria um informante da polícia.

O mandado de prisão temporária da dupla foi cumprida na última quarta-feira (14), durante uma operação policial no bairro. Eles estão custodiados no Complexo Policial da Baixa do Fiscal.

Segundo a delegada titular 1° Delegacia de Homicídios (1°DH/Atlântico), Milena Calmon, a vítima trabalhava como barbeiro no bairro e também era vigilante. Para ela, a ação policial na localidade teria levado os assassinos a acreditar que o vigilante teria passado informações aos policiais da Rondesp. "Geralmente, pessoas que moram nessas localidades e trabalham nessa função são vistos como informantes. Isso teria levado o bando criminoso a acreditar que a vítima teria feito uma denúncia que resultou na ação dos agentes no bairro", explica ela.

Para a polícia, outras duas pessoas também são suspeitas de envolvimento na morte do vigilante. Luciano de Jesus Mota (Luciano Benga) e Matheus Roberto Costa (Boca Preta), que também são amigos de "Forró", estão foragidos. Todos os acusados têm passagem pela polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.  

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo