Polícia

Resultado: Quadrilhas assaltam bancos e fazem reféns em Amargosa e Baianópolis

Agências bancárias de duas cidades do interior da Bahia foram assaltadas no final da manhã desta segunda-feira (4). Em Amargosa, a 235 km de Salvador, cerca de 15 homens armados e vestidos com roupas do Exército assaltaram um carro-forte.

Os criminosos renderam seguranças da empresa Prosegur quando o veículo de transporte parou em frente ao Bradesco. "Eles assaltaram o carro-forte e pegaram o que estava nos caixas eletrônicos tanto do Bradesco quanto do Banco do Brasil. Mas não tiveram acesso aos cofres", diz o tenente coronel Luziel Andrade, comandante do 14ª Batalhão da Polícia Militar (BPM/Santo Antônio de Jesus).

Durante a ação, o grupo efetuou diversos disparos contra as portas de vidro dos bancos e jogou moedas nas ruas da cidade. Um funcionário e quatro clientes do BB foram levados de reféns pela quadrilha, que fugiu em três carros do modelo Corolla. Um dos veículos foi incendiado em uma ponte na zona rural.

"Eles levaram os reféns até a ponte e liberaram logo depois. Os outros carros foram abandonados próximo a uma mata por onde eles adentraram", relata o tenente coronel. Ninguém ficou ferido na ação.

Segundo o comadante, o assalto é semelhante ao ocorrido na cidade em fevereiro do ano passado. Na ocasião, um grupo de dez homens também assaltou o Banco do Brasil e o Bradesco. Eles montaram uma corrente humana com os clientes e funcionários enquanto pegavam o dinheiro do cofre do BB. Antes da ação, os bandidos foram para a delegacia da cidade, furaram pneus das viaturas e fizeram um agente de refém.

"Foi o mesmo modus operandis de um ano atrás. A rota de fuga foi a mesma e eles queimaram o carro na mesma ponte que haviam queimado outro na anterior", afirma. Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) ajuda na busca aos assaltantes na região.

Baianópolis

O Banco do Brasil e os Correios de Baianópolis, no Extremo Oeste do estado, também foram assaltados por volta de 11h. A quadrilha era formada por cerca de 10 homens encapuzados e armados com fuzis, espingardas calibre 12, e pistolas.

As agências ficam afastadas a um distância de 20 metros, no centro da cidade, o que facilitou a ação. No BB, os assaltantes obrigaram os clientes a fazer um escudo humano para evitar a aproximação da polícia. Eles também saíram da agência atirando para o alto.

Segundo a Polícia Militar, um funcionário do Correios e outro do BB, além de três clientes foram levados como reféns e liberados na cidade de Santa Maria da Vitória. O grupo fugiu em duas Nissan Frontier e um Fiat Uno. Um dos bandidos foi preso – Emanoel Araújo Gomes, 38 anos – ao tentar sair da cidade em uma motocicleta.

Policiais de Baianópos contam com o apoio de equipes do Comando Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Caatinga) na busca ao grupo. A quantia roubada nas agências ainda não foi divulgada.

 

Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo