Polícia

Morre mulher esfaqueada por ex-marido dentro de escola em Jaguaquara

A mulher que foi esfaqueada pelo ex-marido na cidade de Jaguaquara, a cerca de 340 quilômetros de Salvador, morreu na noite desta segunda-feira (30) na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional Prado Valadares. Joselma Edi Sena, 36 anos, estava internada no local deste o dia do crime, que aconteceu no início do mês. No último dia 9 de junho, o motorista Antônio Nunes, 55 anos, comprou uma faca e foi para a Escola Passinhos Firmes, no bairro de Palmeira, para encontrar a ex-mulher. Ela estava no local para ver o filho do casal, que tem oito anos. Segundo informações da delegada Maria do Socorro Damasio, o autor do crime invadiu o local e esfaqueou a vítima na frente da criança. "Ele deu uma facada nas costas e outra nas costelas dela e depois fugiu", relata a delegada. Segundo Maria do Socorro, Joselma havia pedido separação cerca de 15 dias antes do crime, mas Antônio não aceitou o fim do relacionamento. A vítima já havia se mudado para Jequié e o filho do casal estava morando com a avó. Antônio se apresentou espontaneamente na delegacia e prestou depoimento ao lado do seu advogado. A delegada de Jaguaquara mandou um requerimento de prisão preventiva do motorista, mas a juíza decretou apenas prisão domiciliar. Segundo Maria do Socorro, com a morte de Joselma, a juíza deve voltar atrás na decisão e decretar prisão preventiva. Informações Correio 24h

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo