Polícia

Agentes da prefeitura apreendem mais de 17 mil itens proibidos nos circuitos

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) apreendeu, em três dias de Carnaval em Salvador, 7.097 itens irregulares, dentre os quais as chamadas armas brancas. Segundo balanço divulgado neste domingo (3) pela prefeitura, somente no sábado (2) de folia, 5. 794 materiais foram retirados das ruas. No acumulado, os itens irregulares mais aprendidos foram: latinhas de cerveja que não são da marca do patrocinador (9.446), água (4.301), espetinhos (1.260), refrigerantes (1.194), isopor (178), cavalete de metal/madeira/tabuleiro/balcão (50), vasilhame de vidro (102), carros de mercado (76) e churrasqueira/fogão/fogareiro (33). “O foco é proteger as pessoas. Não só o folião, mas os trabalhadores, os ambulantes, que no momento de uma eventual confusão podem acabar se machucando. A gente trabalha com base no reflexo das ocorrências registradas pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS)”, ressalta Felipe Lucas, titular da Semop. Fonte: Bahia.Ba

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo