Polícia

Militante petista é baleado em atentado contra acampamento pró-Lula em Curitiba

 

Um militante que estava em um acampamento pró-Lula, em Curitiba (PR), foi baleado no pescoço na madrugada deste sábado. A informação sobre o ocorrido foi confirmada pela Polícia Militar. Em uma postagem em rede social, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que o acampamento, que fica na Rua Padre João Wislinski, no bairro Santa Cândida, foi alvo de mais de 20 tiros. Representantes do local dizem que duas pessoas ficaram feridas. “Muito grave o atentado nesta madrugada ao acampamento da vigília democrática de solidariedade ao Lula. Companheiro Jeferson, de São Paulo, baleado no pescoço corre risco de morte. Esperamos providência rigorosa por parte das autoridades de segurança”, afirmou Gleisi. O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF), que fica no Santa Cândida, desde 7 de abril. Ele foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, na Operação Lava Jato. Segundo o G1, testemunhas relataram à PM que uma pessoa efetuou os disparos em direção à vítima. A PM informou que o homem foi levado em estado grave para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Pela manhã, os manifestantes que estão acampados fizeram um protesto, por aproximadamente uma hora, por causa dos tiros que atingiram o acampamento. A Polícia Civil foi acionada. Fonte : Bahia Noticia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo