Polícia

Conceição do Almeida: Bandido morre durante confronto com a polícia, veja as fotos

Por volta das 5h30min da manhã deste sábado, 16, três elementos a bordo de um Fiat 147, com placa policial BIZ – 4911, licença de Cerquilho – SP, tomaram de assalto a moto CG Titan 150 com placa policial JSL-0957, na ponte do Rio Jaguaripe, zona rural de Conceição do Almeida.  Após o alarme da motocicleta disparar em uma distancia de aproximadamente 500 metros do local do assalto, os bandidos retornaram ao encontro da vítima e deflagraram um tiro a queima roupa.  Cristiano de Jesus Silva, 25, morador da localidade de Bebedouro, levou um tiro na cabeça, e após ser socorrido por populares, foi encaminhado em estado grave para o Hospital Geral do Estado em Salvador.

A Polícia Militar da cidade, juntamente com o Pelotão Especial de Cruz das Almas foi acionada e durante a perseguição em área de mata atlântica da região, foi recebida a tiros por um elemento conhecido por “Nan Ratinho”, morador do distrito de São José do Itaporã, zona rural de Muritiba. Durante o confronto que aconteceu por volta das 12h30min, o bandido que estava de posse de um revólver calibre 38, foi atingido em várias partes do corpo e morreu após ser levado para o hospital pelos policiais.

Os outros dois elementos, que são menores de idade, foram presos pela Polícia e apresentados na delegacia da cidade. Os jovens de iniciais  R.S.S. e W.B.S tem 17 anos e também são moradores do distrito de São José do Itaporã, em Muritiba.

Em contato com Antonio Carlos, irmão da vítima, a equipe do Mídia Recôncavo recebeu a informação de que Cristiano já havia passado por uma cirurgia e seu estado de saúde é estável. "Eu fiquei muito feliz dos policiais terem matado esse miserável que tentou tirar a vida do meu irmão." concluiu. Informações do Mídia Recôncavo

Imagens fortes: Proibidas para menores de 18 anos! Clique em leia mais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo