GeralNotíciaPolícia

Servidores da Segurança Pública aprovam adesão à Plenária Unificada que ocorre nesta terça-feira (9)

Plenária será realizada por todas as categorias do funcionalismo público baiano na sede da AFPEB.

Funcionários públicos de diversas categorias participarão, nesta terça (9), da “Plenária Unificada” que discutirá as próximas ações em protesto à decisão do Governo do Estado de conceder reajuste linear de apenas 4%. A plenária acontecerá a partir das 9h, na sede da Associação dos Funcionários Públicos (AFPEB), na Avenida Carlos Gomes, em Salvador.

Os sindicatos e federações que representam o funcionalismo público pedem ao governador Jerônimo Rodrigues um reajuste salarial a partir de 9%, com retroativo a janeiro, proposto, inclusive, pelo presidente Lula.

Entre as classes participantes, estão professores das redes estadual e municipal, servidores do Ministério Público, do poder judiciário e da saúde, docentes das universidades estaduais, policiais civis, penais e militares, e bombeiros.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc), Eustácio Lopes, durante sessão na Comissão da Segurança Pública, afirmou na manhã desta segunda-feira (8) que os servidores acataram o pedido do presidente da Assembleia Legislativa (ALBA), o deputado estadual Adolfo Menezes, e decidiram suspender a “ocupação” da ALBA.

Os policiais pedem ao governador que abra uma mesa de negociação para tratar das demandas específicas da Segurança Pública. “Estaremos amanhã na Plenária Unificada para avaliar quais serão os nossos próximos passos. Não vamos aceitar o reajuste de 4% sem a reposição das perdas salariais”, ressaltou o presidente da ALBA.

Fonte: Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo