NotíciaSaúde

Planos podem ser reajustados em 16%, maior alta da história

Os planos de saúde devem ter um aumento de 16,3%, segundo projeções feitas por empresas do setor. Se a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), responsável por controlar os preços dos planos, confirmar esse número, será o maior reajuste da história.

No cálculo estão incluídos pontos como a inflação do período, a variação das despesas assistenciais, variação por faixa etária e eficiência da operadora. Segundo a FenaSaúde, federação que representa algumas empresas do setor, pesam também o encarecimento dos medicamentos – foram reajustados em 10,89% na virada do mês –, a retomada dos procedimentos eletivos que foram suspensos no auge da pandemia, e as novas regras de coberturas obrigatórias dos planos de saúde.

No ano passado, com os impactos da Covid-19 ao longo de todo o período de 2020, os planos tiveram reajuste negativo, único na história, de -8,19%.

Um relatório do BTG Pactual ainda prevê um reajuste de 15%, projeção maior do que as representantes do próprio setor.

Fonte: Voz da Bahia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo