DestaqueEntrevistasNotícia

“Independente de qualquer coisa, movimentar o corpo é de extrema importância”, recomenda Rafael Capinam, educador físico; Confira essa entrevista

Em entrevista ao Mídia Recôncavo falou sobre a importância da atividade física na vida das pessoas, durante a pandemia e o surgimento do seu CT.

Manter o corpo em movimento é, sem dúvida, um dos principais pilares de uma vida saudável. Para ajudar a entender um pouco mais sobre esse assunto, Rafael Capinam, educador físico, residente da cidade de Muritiba, dono de um Centro de Treinamento, em entrevista ao Mídia Recôncavo falou sobre a importância da atividade física na vida das pessoas, durante a pandemia e o surgimento do seu CT.

Mídia: Qual a importância da atividade física? E durante a pandemia?

Sabemos que o exercício físico é de extrema importância para o indivíduo, principalmente com relação ao bem-estar, à saúde e entre outras situações. E durante a pandemia essa importância aumentou mais ainda na certeza de que o exercício pode contribuir positivamente contra o combate ao coronavirus, melhorando seu sistema imunológico.

Mídia: O que fazer em caso de suspeita de Coronavírus. Para as atividades ou continua?

Em caso de suspeita do coronavírus o indivíduo deve parar suas atividades e observar os sinais e os sintomas.

Mídia: Quando é indicada a pessoa que teve COVID, voltar à prática de atividade física?

É indicado voltar quando a pessoa for liberada pelo médico e não tiver mais nenhum comprometimento relacionado ao sistema respiratório, um dos principais sistemas que o coronavírus acaba afetando.

Mídia: O uso de máscara atrapalha o rendimento durante a prática de exercícios físicos?

Em algumas atividades devido a intensidade do exercício fica um pouco comprometida a respiração, aí nessa situação existem algumas observações como, por exemplo, realizou o exercício, vá a um local mais arejado, tire a máscara, respire e volte de novo para realizar o próximo exercício e assim sucessivamente.

Atividades como corrida ou ciclismo, podem até está praticando sem a máscara devido a sua execução ser ao ar livre.

Mídia: Que cuidados as pessoas deve ter para a prática de exercícios em ambiente doméstico?

Os cuidados que as pessoas devem ter é durante a execução dos movimentos, saber para quê está usando aquele exercício. Por isso é imprescindível a presença de um profissional de educação física para estar orientando nessas situações.

Mídia: O exercício doméstico funciona realmente?

O exercício realizado em casa com a supervisão de um profissional, ele tem sim seus benefícios. Só que com o decorrer do tempo, tem situações que é preciso aumentar a sobrecarga, ou seja, aumentar a intensidade do exercício para ter maiores resultados positivo, como em qualquer outro local. Mas, para que isso ocorra com maior tranquilidade e responsabilidade é preciso a presença de um profissional de educação física.

Mídia: Qual deve ser a intensidade do treino doméstico?

A intensidade depende muito da capacidade do indivíduo. Se ele já tem uma rotina de exercícios, se ele já praticou alguma vez exercício, se ele nunca interrompeu essa sequencia relacionado ao tempo, se executa a 3 meses, 6 meses, 1 ano, enfim.

Mas, é claro que se ele for um indivíduo que está começando as práticas, é óbvio que você não vai realizar com alta intensidade, altas cargas, com altas series, repetições, números excessivos de exercícios.

Mídia: Agora sobre você, o que lhe motivou a ser educador físico?

O que me motivou a ser educador físico na verdade é que sempre pratiquei esportes, futebol, capoeira, corrida, bicicleta, natação e não me enxergava na verdade fora do âmbito esportivo e educação física sempre me encantou. Então, por esse motivo decorrente as práticas esportivas que eu escolhi esta profissão.

Mídia: Além dessa profissão que você escolheu, tem alguma outra profissão que lhe inspira?

Todos os professores na verdade, porque nós não poderíamos chegar onde estamos nas profissões sem antes passar por professores, seja no ensino fundamental, ensino médio, faculdade e por aí vai. Outra profissão que me encanta são os médicos.

Mídia: Fale um pouco sobre o seu Centro de Treinamento

Eutrabalhava em uma academia na cidade e devido a pandemia tudo fechou, mas eu precisava continuar trabalhando. Com isso, alguns alunos particulares que eu tinha queriam voltar às atividades e eu falei “Olha, eu tenho alguns equipamentos, então vamos executar na praça”. Então iniciamos só que foi um período de chuva e acabou comprometendo as atividades. Meu tio tinha uma casa fechada, pedi autorização, ele liberou e comecei a fazer atividades na varanda da casa. Graças a Deus já temos 1 ano e 4 meses de Centro de Treinamento e a cada dia que passa a gente vai se aperfeiçoando com equipamentos, pessoas chegando. Só tenho que agradecer as pessoas que confiam e confiaram no meu trabalho, porque elas treinam na varanda de uma casa e hoje percebo que quem frequenta o meu CT não estão preocupadas com a estrutura, claro que a estrutura é importante, mas percebo que elas estão à procura de um melhor atendimento, um melhor acompanhamento.

Mídia: Deixe uma mensagem de incentivo às pessoas.

A mensagem que deixo é que independente de qualquer coisa, movimentar o corpo é de extrema importância. Que seja uma simples caminhada ao amanhecer ou final da tarde, mas nunca deixe de realizar exercícios. Caso queira algo a mais, procure um profissional habilitado da área da educação física para realizar as atividades. Exercício físico não é tão simples como nós imaginamos, não somos brinquedos para montarmos e desmontarmos e está tudo certo. Então, tenha calma independente do seu objetivo, se você buscar emagrecer, emagreça com qualidade, sem pressa. A mesma coisa para você que quer hipertrofiar, se alimente bem, enfim, seja qual for o objetivo dentro do exercício físico, não desista.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo