DestaqueEducaçãoGeralNotícia

Estudantes de Medicina da Uefs fazem manifestação para reivindicar a falta de professores

De acordo com eles, estão perdendo aulas práticas importantes para a formação e que essa demanda é emergencial.

Os estudantes de Medicina da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), fecharam o pórtico na manhã desta terça-feira (3) em uma manifestação onde reivindicam a falta de professores no curso.

De acordo com eles, estão perdendo aulas práticas importantes para a formação e essa demanda é emergencial.

Cecília Carmo Lima, de 21 anos que é da cidade de Capela do Alto Alegre e está no terceiro ano do curso, disse ao Acorda Cidade que além da falta de professores, os estudantes também têm algumas demandas estruturais, mas que estas estão sendo dialogadas e resolvidas aos poucos junto a reitoria. De acordo com ela, é necessário a realização de concurso público para recompor o corpo docente, não só do curso de Medicina, como também demais cursos da universidade.

“O curso de Medicina fez 20 anos e não temos muito o que comemorar. Estamos pressionando o governo do estado para que resolva esse problema e libere o concurso. Já participamos anteriormente de um ato com outros cursos, nos reunimos com o coordenador do Departamento de Saúde e o chefe de gabinete da reitoria e são muitas promessas de que o governador liberaria o concurso em algumas semanas. Mas, desde o último ato que já tem um mês, não temos uma resposta”, declarou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo