Mundo

Doenças mentais atingem 10% da população mundial

Segundo informações exclusivas da Central Brasileira de Notícias, CBN, mais de 220 mil pessoas receberam auxílio-doença do Instituto Nacional do Seguro Social, INSS, em 2014 por transtornos e doenças mentais. Este afastamento resultou a saída de aproximadamente R$ 25 bilhões de reais, em benefícios, dos cofres da Previdência Social. As doenças mentais acometem cada vez mais pessoas, não somente no Brasil, mas no mundo todo. Segundo o Atlas da Saúde Mental 2014 da Organização Mundial da Saúde, OMS, uma em cada 10 pessoas no mundo sofre de algum tipo de transtorno mental. O mesmo relatório revela que a atenção dada ao tratamento deste tipo de doença ainda é insuficiente para lidar com a grande demanda de pacientes. Os dados apontam que a média global é de que existe menos de um trabalhador de saúde mental para cada dez mil pessoas. Dentre as doenças mentais mais comuns podemos citar a depressão que atinge mais de 450 milhões de pessoas no mundo e já se tornou a doença mais incapacitante, segundo a OMS. Os sintomas incluem pessimismo, tristeza constante, desinteresse, insegurança, além de pensamentos suicidas. Segundo o Dr. Sérgio Lima, psiquiatra e diretor da Clínica Spatium, a depressão pode causar danos irreparáveis se não for tratada e acompanhada por um profissional. “É normal que um dia ou outro nos sintamos tristes, mas a depressão não se trata de uma tristeza passageira. Ela dura semanas, meses e até anos, impede o paciente de ter uma vida normal e nos casos mais graves pode levar ao suicídio”, explica o especialista. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo