Mundo

Degelo na Antártica Ocidental pode elevar nível do mar em três metros

Degelo na região conhecida como Mar de Amundsen, na Antártida Ocidental, pode levar ao colapso total do Manto de Gelo da região e elevar o nível do mar em cerca de três metros. De acordo com Johannes Feldmann, líder do estudo publicado esta semana na revista Proceedings of the National Academy Sciences, as massas de gelo dos glaciares Pine Island e Thwaites estão sendo perturbadas e perdendo a estabilidade de forma súbita. Em simulações de computadores, estudioso e seu colega Anders Levermann constataram que o comprometimento das massas de gelo pode levar ao colapso total da Antártica Ocidental. Pouco a pouco o aquecimento dos oceanos derrete as plataformas de gelo por baixo. Grandes porções do manto estão fixadas no solo rochoso, abaixo do nível do mar, e o degelo tende a comprometer essa base. "Nas nossas simulações, 60 anos de derretimento nas mesmas taxas observadas hoje são suficientes para iniciar um processo irreversível que pode durar milhares de anos. Certamente é um longo processo, mas parece estar começando agora", disse Feldmann. Levermann diz que não há o que temer agora, ma sé importante haver preocupação com a questão, já que uma pequena mudança hoje terá impacto irreversível. "Ele [o processo] pode destruir nossa herança futura por consumir as cidades onde vivemos. A menos que reduzamos as emissões de carbono rapidamente", sugeriu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo