Mundo

Bug no Whatsapp pode ter transmitido vírus a 200 milhões de usuários

Um problema na versão web do aplicativo Whatsapp pode ter colocado em risco cerca de 200 milhões de usuários. Segundo o G1, o bug foi identificado pela empresa de segurança da informação Check Point e permite que hackers enviem vírus ou programas tipo ransomware – que “sequestra” computadores e exige “resgates” para devolvê-los. A vulnerabilidade afetaria apenas a versão para computadores da ferramenta, já que o envio de dados é feito pelo formato “vCard”, que dá brechas para que sejam enviados programas maliciosos escondidos. "O Whatsapp é uma plataforma cruzada para o envio de mensagens instantâneas, então a chance de alguém abrir um vCard é bem grande", afirma Mark James, da firma ESET. Quase 900 milhões de pessoas usam o Whatsapp em smartphones, mas apenas 200 milhões acessam a versão web. A empresa responsável pelo aplicativo foi informada sobre o problema em 21 de agosto e o corrigiu uma semana depois. Por isso, a Check Point recomenda que os usuários atualizem a versão o mais rápido possível.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo