Mundo

Ex-médico de ginastas dos EUA é condenado a 175 anos de prisão por abuso

O ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics) Larry Nassar, de 54 anos, foi sentenciado nesta quarta-feira (24), após uma semana de julgamento e depoimentos de mais de 150 atletas, a até 175 anos de prisão por abusar sexualmente de atletas, a maior parte delas menor de idade. O julgamento foi referente a sete dos crimes cometidos pelo ex-médico em Michigan, todos de abuso, mas a juíza Rosemarie Aquilina permitiu que todas as ginastas abusadas por Nassar comparecessem para prestar depoimento. 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo