Geral

Armada com pistola, mulher rendia seguranças de banco para entrada de quadrilha

 Ela, bem vestida e maquiada, era responsável por atrair a atenção dos seguranças para então a quadrilhar agir. Ele, que foi soldado do Exército, além de também participar das abordagens, era o armeiro do grupo. Com as prisões de Gabriele da Silva Santana, 26 anos, e Evilásio Araújo de Souza, 23, a Polícia Civil desestruturou uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos que vinha agindo em Salvador e Região Metropolitana.

A quadrilha é responsável por quatro ações neste ano. Só no mês de março foram três. No dia 4, arrombaram os caixas eletrônicos da Companhia Baiana de Pesquisa e Mineração (CBPM), no Centro Administrativo do Estado da Bahia (CAB).

No dia 10, foi a vez do Instituto de Ciências e Saúde (ICS) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no Canela, que teve os caixas destruídos. Em Simões Filho, na RMS, arrombaram os terminais eletrônicos da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic), no dia 13. Nas três ações, os criminosos fugiram com armas e coletes a prova de balas dos seguranças.

Já no dia 5 de junho, também em Simões Filho, a quadrilha não teve tanto êxito. O alvo dos criminosos foi uma das lojas da rede de supermercado Todo Dia. Na ocasião, Wagner Viera dos Santos, 26, um dos integrantes do bando, foi morto em um confronto com a chegada rápida da Polícia Militar. O restante da quadrilha fugiu com uma certa quantia dos caixas do supermercado e com armas e coletes dos seguranças. 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo