Geral

Casos suspeitos de Zika chegam a mais de 24 mil em todo o estado

 A doença que começou em Camaçari, na região Metropolitana de Salvador, hoje já se espalhou por diversos municípios baianos. Com febre, dores de cabeça e manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, os sintomas de Zika, doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti – o mesmo da dengue e da chikungunya – já chegaram a 168 cidades e atingiram 24.834 pessoas no estado. O governo ainda trata a doença como "Doença Exantemática Indeterminada" (DEI). Logo atrás de Salvador, que apresenta 10.799 notificações, vem Camaçari, que conta 5 mil pessoas que apresentaram os sintomas. Em terceiro lugar vem Jequié, com 1.162 casos suspeitos e em quarto, Porto Seguro, no sul da Bahia, com 711 registros. O leste do estado é o local que notificou mais doentes, com 71% dos vitimados no estado. O sul vem em seguida, com 11% de notificações. Entre os indícios já ditos, há também dor nas articulações, dor nos músculos, cansaço físico e mental e hipersensibilidade nos olhos. Quem apresentar os sintomas deve procurar assistência médica, manter repouso e evitar a automedicação. Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo