Geral

Policial se confunde e dá início a tiroteio em delegacia, matando médico

Um médico morreu baleado dentro de uma delegacia em Santo André, em São Paulo, na noite do sábado (26). Ricardo Seiti Assanome foi à delegacia para registrar um boletim de ocorrência por conta de um acidente de trânsito. Ele levou um tiro na cabeça e morreu no hospital na tarde deste domingo. Um policial civil e um homem que foi à delegacia também por conta de um roubo foram baleados e continuam internados.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, mais de 30 tiros foram disparados na delegacia por conta de um "erro de interpretação" dos policiais do 2º Distrito Policial. A SSP disse que os policiais confundiram a entrada de um PM à paisana, correndo, como um ataque de criminosos. O PM chegou em busca de abrigo, fugindo de bandidos que o perseguiam. Com isso, acabou gerando um tumulto.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo