Geral

PSL quer convencer João Henrique a disputar governo ano que vem

Neste sábado, o ex-prefeito João Henrique começou as primeiras viagens para o interior da Bahia para divulgar seu nome fora dos limites da capital visando as eleições do ano que vem. Até amanhã, ele visitará quatro municípios e, nas contas políticas de seu novo partido, o PSL, o apelo que JH verá no interior poderá fazer o novo filiado mudar seus planos e assumir voos maiores.

Os presidentes estadual e o municipal do partido, Antônio Vasconcelos e Carlos Soares, concordam que há o interesse que João Henrique desista de ser candidato a deputado federal e se concentre em uma jornada pelo Palácio de Ondina. Entretanto, dizem que a possibilidade está apenas nas mãos do candidato. O que não quer dizer que não possa haver uma “forcinha” externa.

Para os dirigentes, a veia emocional de João Henrique, aliado às pesquisas eleitorais que acontecerão periodicamente, podem animar o ex-prefeito e, assim, mudar seu curso planejado. Desta maneira, evitaria-se também o desgaste das pressões políticas, uma vez que o novo reforo está sendo tratado a pão-de-ló dentro do grupo. Vasconcelos revelou até mesmo que já existe um plano formal para sensibilizar a nova estrela do PSL e influenciar positivamente o processo.

“Vamos levar o prefeito João Henrique aos municípios e daqui a três meses vamos fazer uma pesquisa para ele ver o quanto ele aumentou. E aí ele vai ficar sensibilizado. As pessoas que falam do que João Henrique é, do que ele significa, não são políticos”, afirmou, acreditando no poder que o clamor popular terá na questão. Já Soares acredita que a mudança do amigo pode ocorrer também pelo sentimento de mudança de pensamento interna. 

Uma vez que classifica que durante o tempo que foi prefeito JH foi “explorado” e “usado” por partidos e diversas outras forças políticas, a experiência o fez mudar o panorama de ações e tentar ser governador poderia fazê-lo provar que é mais do que o que ficou na história sobre si. “Eu converso muito com ele, faço muitas reuniões, e sei que agora ele agora está com uma cabeça, uma concepção totalmente diferente”.



Outro apelo que segundo o novo dirigente municipal o ajudará – como já aconteceu uma vez – é o fato de que JH é filho do ex-governador e atual senador João Durval. Muito conhecido no interior do estado, Durval deve sua eleição ao atual mandato exatamente à boa memória que o eleitor dos locais mais afastados da capital tem de sua administração. Desta maneira, seria teoricamente imediata a transferência de votos para o filho e inflaria sua previsão atual de 300 mil eleitores fieis.

As quatro primeiras cidades visitadas pelo novo socialista liberal serão Jacobina, Miguel Calmón, Senhor do Bonfim e Itanhém. Outras viagens estão sendo agendadas pela Executiva do PSL na Bahia, mas ainda não há uma previsão exata. JH se filiará oficialmente à sigla no dia 31 deste mês, com a presença do presidente nacional do grupo, Luciano Bivar, e outras lideranças políticas de renome que pertencem aos quadros.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo