Geral

Empresária não recebe pagamento de Carnaval e denuncia esquema das empresas de Claudia Leitte

Não é novidade para ninguém que algumas empresas contratadas pela Ciel Empreendimentos Artísticos Ltda, que tem a cantora Claudia Leitte como sócia majoritária, não receberam o pagamento pelo trabalho realizado no Carnaval deste ano.



Diante da falta de pagamento, a empresária Sueli Dias – dona da TeleEventos, que tem sede em São Paulo, e foi responsável pelo credenciamento do hotel, do camarote e do bloco Largadinho, em Salvador – resolveu ir à imprensa e denunciar, o que ela chama de esquema para a cantora captar recurso da Lei Rouanet, para a gravação de seu novo DVD, que acontece neste sábado (03), em Recife.



A empresária recorreu ao colunista Léo Dias, do jornal O Dia e disse que "Claudia Leitte possui oito empresas com diferentes CNPJs, inclusive algumas abertas junto com a mãe. Em quase todas, constataram-se notificações de débitos".



Ainda segundo a publicação, "a única empresa da cantora que estava ‘limpa’ é a recém-criada 2Ts Entretenimento, que conseguiu autorização do Ministério da Cultura no início do ano para a captação de R$ 5,8 milhões pela Lei Rouanet, de incentivo à cultura. O Governo Federal só permite que empresas com nome ‘limpo’ possam captar recursos na área cultural".



Ao colunista, Sueli afirma que ainda aguarda que uma dívida de R$ 120 mil seja paga. Ela relaciona o problema às mudanças administrativas comandadas nos últimos meses por Fábio Neves, gestor das empresas de Claudia. "Já mandei uma notificação, acionei judicialmente e de nada adiantou. Agora, vamos abrir um processo. Eles estão devendo a muita gente. O bloco se chama Largadinho, mas quem ficou largadinho fomos nós", disse a empresária ao jornal.



 A publicação relatou também, que a 2Ts afirmou em nota, que a empresa de Sueli não cumpriu os serviços acordados no contrato e que aguarda decisão judicial em relação ao pagamento.



Diante da declaração de Sueli, a assessoria de imprensa de Claudia Leitte emitiu uma nota oficial sobre a polêmica envolvendo as empresas da cantora. ”O setor jurídico da 2T´s Entretenimento, que gerencia os negócios que envolvem os produtos e carreira da artista Claudia Leitte, esclarece que a empresa Tele Eventos foi contratada para prestar serviços de credenciamento e distribuição de crachás no camarote da artista no Carnaval de 2013. Em função do não cumprimento dos serviços acordados em contrato, a 2T´s aguarda decisão judicial em relação ao pagamento sobre a prestação de serviços à referida empresa.  A 2T´s informa ainda que está rigorosamente em dia com o pagamento de todo o seu quadro de profissionais, assim como demais prestadores de serviço. Toda e qualquer informação contrária é improcedente”, diz a nota

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo