Geral

Lavradora engravida um ano após fazer laqueadura de trompas na BA; mulher já tem outros 4 filhos

A lavradora Andrea Santos, 28 anos, moradora do distrito de Maria Quitéria, em Feira de Santana, engravidou mesmo após a laqueadura das trompas, para evitar uma nova gravidez. Ela tem quatro meninos de 10 meses, 4, 9 e 13 anos, ainda ficou grávida de uma menina, que nasceu prematura e não resistiu.

Em entrevista ao site G1, Andrea contou que decidiu pela laqueadura de trompas, processo de esterilização definitiva que fecha as tubas uterinas para impedir a descida do óvulo e a subida do espermatozoide, após o parto do caçula.

O procedimento foi feito no Hospital da Mulher, em Feira de Santana, há menos de um ano. Em julho deste ano, descobriu a nova gestação. "Senti uma dor do lado da barriga, então fui fazer uma ultrassom abdominal. Quando fui fazer a transvaginal [exame] veio a certeza da gravidez. Pode ser gêmeos. Depois de cinco cesáreas, estou preocupada", disse.

A família está preocupada, de como manter mais uma criança, e também, porque a última gravidez da lavradora foi de risco.

A diretora-médica do Hospital da Mulher, Andrea Alencar, que também é ginecologista e obstetra, confirmou que a lavradora fez o procedimento na unidade, e disse que o método não é 100% seguro e que existe uma possibilidade mínima de acontecer uma gestação, principalmente no primeiro ano após o procedimento ser feito em mulheres com menos de 34 anos.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo