Geral

Com mais de mil denúncias por ano, Bahia tem uma delegacia para apurar abuso sexual infantil

Somente em um ano, de maio de 2017 a maio de 2018, o Disque 100 registrou 1.126 denúncias na Bahia de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes. São em média três registros por dia. A Bahia já figurou 3º lugar no ranking, em 2012, como um dos estados com maior número de denúncias contra esses tipos de crimes, vulgarmente conhecido como pedofilia. Atualmente, a Bahia ocupa o 5º lugar no número de denúncias recebidas pelo Disque 100. Mas isso está longe de dizer que o número de casos reduziu, e que caminhamos para a erradicação do problema. Longe disso. Muito longe. Isso porque os números de ocorrências podem ser maiores e não são denunciados. O número de denúncias também não quer dizer que caminhamos para combater a impunidade, que os agressores, abusadores e exploradores serão condenados com o rigor da lei. Muito longe disso, pois falta estrutura para investigar as denúncias. Em 2002, a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente comemorava na Bahia a criação da 1ª Delegacia Especializada para a Repressão de Crimes contra a Criança e Adolescente (Derca). Passado 26 anos, a unidade permanece sendo a primeira e única do estado da Bahia, mesmo com sua população tendo aumentado consideravelmente.  Fonte: Bahia Noticias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo