Geral

Estaleiro no Bonfim funciona normalmente após incêndio

Donos de lanchas, jet-skis e barcos que mantêm as embarcações na Marina do Bonfim, na Cidade Baixa, e não tiveram os equipamentos afetados pelo incêndio, começam a retomar a rotina após o fogo ter destruído 30 lanchas no local. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) informou que o espaço terá que ser reconstruído. As carcaças das embarcações queimadas continuam divindo o estaleiro com as que conseguiram ser salvas. Elas estão isoladas ao fundo, em uma área interditada pela Codesal. O aposentado Jorge Ubiraci, 61 anos, é um dos que retomou a rotina. “Continuo trabalhando no meu barco. Pra mim está tudo normal”. Já o soldador Edson Ramos, 51, que teve a casa invadida pelo fogo, ainda tem com o que se preocupar. Parte da laje da residência cedeu, as paredes ficaram pretas e os azulejos racharam. A Codesal pediu a demolição de parte da laje afetada. Segundo ele, a administração da Marina disse que vai arcar com os gastos. O estaleiro deve liberar o dinheiro – orçado em torno de R$ 8 mil – após divulgação do resultado do laudo pericial do Departamento de Polícia Técnica (DPT), exigência feita pela seguradora do imóvel. Segundo a Polícia Civil, o documento ficará pronto em, no mínimo, 30 dias.   com a reportagem. Fonte : Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo