Geral

Nenhuma escola de samba do Rio será rebaixada, decide Liga

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) decidiu na noite desta quarta-feira (28) que nenhuma agremiação será rebaixada do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. Com a mudança no regulamento, a Império Serrano, última colocada este ano, e a Grande Rio, a penúltima, se manterão na elite em 2019. No próximo ano, o Grupo Especial terá 14 escolas, já que a Unidos do Viradouro, campeã da Série A, retornará ao desfile principal. O acordo prevê também que duas agremiações serão rebaixadas no ano que vem e em 2020, para que o grupo volte a ter 12 candidatas ao título em 2021. A decisão foi comunicada em nota pela Liesa. Segundo o texto, as 12 escolas do Grupo Especial concordaram com a manutenção das duas que seriam rebaixadas. O Grupo Especial já contava com uma escola a mais em 2018, porque nenhuma agremiação foi rebaixada em 2017. Na época, a decisão foi tomada devido aos acidentes que deixaram 32 feridos nos desfiles da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca. As duas seriam rebaixadas. Fonte : Metro 1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo