Geral

Homem ofendido em grupo de Whatsapp recebe indenização de R$ 2 mil

Não é porque uma ofensa é proferida via web que ela não será considera um ato passível de processo judicial. Uma prova disto é a situação que ocorreu com um advogado morador da cidade de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com informações do portal Terra, o homem ganhou a causa por danos morais contra uma colega da faculdade que o ofendeu em um grupo do Whatsapp. A ré foi condenada a pagar R$ 2 mil reais pela juíza Lucélia Alves Caetano Marçal, da 2ª Unidade Jurisdicional dos Juizados Especiais da Comarca de Contagem na última semana por ofender Leopoldo Rocha da Silva de "advogado de porta de cadeia" e "advogado de meia tigela".

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo