Geral

São Francisco do Conde: Sacerdote de 75 anos se recusa a sair de convento interditado

Um dos maiores bens da igreja e do convento de Santo Antônio tem valor incalculável. De fala baixa, cansada e tímida, o frei Hermano, alemão de 75 anos que veio para o Brasil fugindo da guerra, está desde fevereiro do ano passado no convento e conquistou todo o município de São Francisco do Conde, no Recôncavo, por seu bom humor e devoção à religiosidade. Conhecido como “frei fofinho”, Hermano se recusou a deixar o convento mesmo após a interdição. “Ele não quis sair de jeito nenhum. Mal aceitou mudar de quarto”, lembra Hebert Costa, diretor da Defesa Civil de São Francisco do Conde, com semblante preocupado. Valdelice dos Santos, coordenadora geral da Comissão Salve o Convento, explica a relutância do frei. “Ele é muito disciplinado e ligado à religiosidade. Aqui, ele faz diariamente quatro horas de oração. E acho que ele não tinha noção do risco que corria”, afirma.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo