Eventos

Governo teme falta de energia na Copa do Mundo

O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, admitiu a possibilidade do governo lançar uma campanha para conscientizar a população a economizar energia elétrica para garantir que não haja problemas neste setor durante a Copa do Mundo. Se as chuvas não aumentarem nos dois próximos meses, os reservatórios das hidroelétricas podem ficar comprometidos, informou o ministro em entrevista para a imprensa norte-americana. "Não estamos trabalhando com a hipótese de racionamento de energia, temos convicção de que isso não será necessário", afirmou Lobão. Ele comentou que o governo da presidente Dilma Rousseff não quer repetir o que ocorreu em 2011 quando foi decretado um racionamento de energia e o programa previa multas para quem não cumprisse as metas. O ministro disse que durante a Copa do Mundo não deve haver uma grande demanda de energia porque as indústrias e empresas devem paralisar suas atividades nos horários dos jogos. Em cada estádio que receberá as partidas do torneio o governo instalou duas subestações de energia elétrica para evitar problemas, informou Lobão para o Wall Street Journal. Informações dci

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo