Esportes

Mancini celebra triunfo do Vitória e condena invasão de campo no Moisés Lucarelli

 O triunfo por 3 a 2 sobre a Ponte Preta, neste domingo (26), no Moisés Lucarelli, foi fundamental para as pretensões de manutenção na Série A do Vitória. O técnico Vagner Mancini celebrou o triunfo que colocou o time baiano fora da zona de rebaixamento e destacou a ‘batalha’ vencida.

“O placar. A virada. A batalha. Foi um jogo dificílimo. A Ponte fez o segundo gol muito cedo e se fechou. O Vitória foi com todas as suas forças, reverteu um placar difícil, mas que nos dá a chance de chegar vivos na última rodada”, destacou, em entrevista coletiva.



Mancini ainda condenou a invasão dos torcedores da Macaca no campo, que culminou no fim da partida aos 39 minutos do segundo tempo.  “Isso representa que as autoridades têm que sentar à mesa e entender que eles têm peso muito grande nisso. Não tem outra maneira. O futebol brasileiro não pode mais viver assim. A gente fica cansado de ser repetitivo. Tenho certeza que todos estão falando isso. Falta bom senso, segurança. Não é possível vir fazer seu trabalho e ter a possibilidade de ser morto dentro de campo, ser pisoteado por uma torcida insatisfeita. Tem que ter mais segurança, leis que sejam aplicadas aos infratores”, disse.



Com o resultado, o Vitória chegou aos 43 pontos e figura na 15ª posição na tabela. O próximo e último confronto na competição será contra o Flamengo, no próximo domingo (3), às 16h (horário da Bahia), no Barradão.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo