Esportes

Alegria de brasileiros marca abertura dos Parapan-Americanos de Toronto

A alegria contagiante dos 272 paratletas da delegação brasileira marcou hoje (7) à noite a cerimônia de abertura dos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá, no Estádio CIBC Parapan Am Athletics Stadium, na Universidade de York. Cega, a velocista Terezinha Guilhermina foi a porta-bandeira brasileira. O desfile foi encerrado com a delegação anfitriã. O Brasil disputará o Parapan de Toronto com a maior delegação da competição. Os maiores grupos são do atletismo, com 50 atletas, seguido da natação, com 40, e do tênis de mesa, com 28. Brasil liderou o quadro de medalhas na duas últimas edições: no Rio de Janeiro, em 2007, e em Guadalajara, no México, em 2011. A expectativa é repetir o primeiro lugar em Toronto. O evento foi iniciado com o Hino Nacional do Canadá e teve apresentações de dança celebrando a paz e representando ritmos regionais, entre eles a capoeira, o carnaval, o tango, além de danças indígenas.   O chefe executivo do Comitê Organizador dos Jogos, Saäd Rafi, deu as boas-vindas aos atletas, ressaltando que o Parapan de Toronto é uma etapa importante para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. “Preparem-se, porque o caminho para o Rio de Janeiro, em 2016, começa aqui e será muito disputado.” Presidente do Comitê Paralímpico nas Américas, José Luis Campos explicou que os Jogos Parapan-Americanos de Toronto serão disputadas em 15 modalidades classificatórias para o Rio 2016. Segundo ele, os jogos de Toronto quebraram um recorde, registrando 1,6 mil atletas de 28 países. "São os maiores Jogos Parapan-Americanos”, afirmou Campos. Neste sábado (8), primeiro dia de provas, atletas brasileiros disputam medalhas nas modalidades natação, halterofilismo, ciclismo e bocha. As 13 provas de natação terão participação de 18 brasileiros, entre eles Daniel Dias. Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo